Big Band Rags

O grupo Rags foi criado no seio da T.A.U.C. em 1995, pelo seu director artístico André Granjo. Inicialmente, com uma composição diminuta, ficou conhecido pelas suas interpretações de rags de Scott Joplin. Sempre em constante mudança e adaptando-se em função da disponibilidade de elementos, adquiriu em 1999 a estrutura de uma “Big Band”, atingindo a sua actual formação cerca de 30 elementos. Com trompetes, clarinetes, saxofones, trombones, trompas, piano, guitarra, baixo, violoncelo e bateria, tem apresentado nos seus espectáculos, um reportório variado, que vai desde os rags até ao jazz contemporâneo, passando por temas célebres do rock, dos anos 50 e 60.

Big Band Rags no Chá Dançante - Queima das Fitas 2016

Big Band Rags no Chá Dançante – Queima das Fitas 2016

Rags no Sarau Académico da Queima das Fitas (TAGV, 3 de Maio de 2013)

Rags no Sarau Académico da Queima das Fitas (TAGV, 3 de Maio de 2013)

 

Maestro: Diogo Rafael Lourenço

Diogo Rafael Lourenço Silva nasceu na Sertã em 1989. Foi com 11 anos que teve o primeiro contacto com a música, onde frequentou aulas de teclado com os professores Miguel Agostinho e Igor Alves. Também durante esse período, e até 2009, fez parte da filarmónica local onde aprendeu e tocou saxofone alto, tenor e barítono.

Em 2007 entra para o conservatório de música Jaime Chavinha, em Minde, onde estuda piano com o professor Tiago Rodrigues. Também nesse ano entra para a Licenciatura em Música da Escola Superior de Educação de Coimbra, onde estuda piano com os professores André Pereira e Rui Paulo Simões, e onde mais tarde vem a concluir o Mestrado em Ensino de Educação Musical no Ensino Básico na mesma instituição.

Paralelamente, frequenta o curso livre de jazz do Conservatório de Coimbra, na vertente de piano. É pianista e ensaiador de naipe no Coro Misto da Universidade de Coimbra e, desde Setembro de 2012, o maestro da Big Band Rags da Tuna Académica da Universidade de Coimbra.

Anúncios